2008 sem ordem cronológica: Olimpíadas, Jornal Hoje, Sandra Annemberg e Capitu

É interessante quando a gente fala uma coisa antes de que ela saia nos jornais, antes que ela vire, digamos, “opinião da maioria”. É claro que todos nós fazemos isso, afinal, se temos um pouco de senso crítico aliado com uma pequena capacidade de expressão que seja, dá pra fazer algumas previsões sem que nos passemos por idiotas – não que não sejamos.

A primeira parte da retrospectiva trata de 3 coisas que tentamos prever e – acho – que mais acertamos do que erramos. Mentira. O que vem abaixo são alguns exemplos de que se expressar, por mais que pareça fora do senso-comum vale a pena – acertando ou errando, inclusive discordar e concordar com o que é dito aqui (nenhuma credibilidade, quer dizer, um pouco mais que o TV Fama e o programa da Gimenez, claro) e também de veículos de comunicação que se dizem totalmente imparciais, o que não existe, nunca.

– Começamos com as Olimpíadas. Em todos os jornais e revistas, previsões super otimistas sobre o provável desempenho do Brasil nas mesmas. Era um tal de Thiago Pereira, Daiane dos Santos, Marta do futebol, Diego Hipólito (esse tava mais na moda que chapéu de Naruto na cabeça de Nerd), a Globo fazendo entrevistazinhas com os atletas favoritos, colocando toda aquela responsabilidade nas costas dos atletas: o Brasil ganha muitas medalhas e o povo esquece da fome, corrupção, pobreza, miséria (clichê dizer isso, mas também é clichê falar que algo é clichê, ok).

Foi a coisa mais fácil de se prever: a receita completa do fracasso e o histórico anterior já dizia isso. Sério que foi fácil escrever o seguinte texto: O Brasil em busca do ouro de tolo.

E começam as Olimpíadas: O Brasil, que sempre tem péssimos desempenhos, consegue ser pior ainda. Relembrem aqui e aqui. Ah, se quiser relembrar mais, use o Google, acho que vocês não têm o cérebro de leitor de Kibeloco né, ok. E um tal de César Ciello ganhou sem que ninguém soubesse quem era ele. E a seleção feminina finalmente me fez morder a língua. Só.

– Críticas sobre o programa MAIS VOCÊ JORNAL HOJE e sua apresentadora LUIZA MELL ANA MARIA BRAGA SANDRA ANNEMBERG não faltaram. Dentre muitas, essa foi a mais contundente:. Mas com uma simples busca com o termo SANDRA no blog, vocês terão esse resultado que não nos faz mentir. Daí vocês podem entrar nessa matéria no site Terra – Gente e TV e conferirem:

Pior Jornal: Jornal Hoje
2º Pior: Rede TV News

O horário do almoço pede um jornalismo mais leve, para não assustar o telespectador. Mas, ao exagerar nas pautas rasas sobre beleza e economia doméstica, o Jornal Hoje mais parece um programa feminino e ficou com o título de Pior Telejornal. Até receitas culinárias são pauta para o jornalístico, que muitas vezes parece sofrer de falta de assuntos sérios. Os apresentadores Sandra Annenberg e Evaristo Costa constantemente erram a mão ao fazer comentários pessoais vazios depois de determinadas reportagens serem exibidas. Mais parece conversa de comadres no salão de beleza.”

“… 2ª pior apresentadora: Sandra Annemberg …”

E a última que vale ser observada foi a crítica sobre a minissérie CAPITU, nesse texto. Teve quem concordou, quem discordou e teve aqueles: “nossa, como ousa falar de algo tão artístico bla bla bla eu sou gay mimimimi que falta de respeito”. Então. Logo saíram as críticas. Uma das mais relevantes foi do Diogo Mainardi na Veja Ed. 2091 de 17 de dezembro de 2008,entitulado de “E Machado virou circo…”. O texto na íntegra, pra quem quiser ler:

Machado de Assis é Bentinho. Nós somos Capitu. A analogia é simples: nós abastardamos a obra de Machado de Assis. No centenário da morte do escritor, Dom Casmurro e seus outros romances perderam qualquer sinal de paternidade machadiana. Eles parecem gerados por Escobar, o amante de Capitu.

Luiz Fernando Carvalho, diretor da série televisiva Capitu, é o mais perfeito Escobar que surgiu até agora. Seu “Dom Casmurro” tem o nariz de Luiz Fernando Carvalho, tem o sorriso de Luiz Fernando Carvalho, tem a mentalidade de Luiz Fernando Carvalho. Nada nele recorda o “Dom Casmurro” de Machado de Assis, apesar de reproduzir diálogos do romance. Na série, Bentinho aparece estranhamente caracterizado como Dick Vigarista, do desenho animado Corrida Maluca: nas roupas, no bigode, na magreza, no temperamento e, acima de tudo, na canastrice do ator que desempenha seu papel. Qual é o melhor candidato a Muttley? O agregado José Dias.

A série Capitu tem um aspecto circense. É Machado de Assis encenado por Orlando Orfei. É Bentinho imitando Arrelia no picadeiro de Fausto Silva: “Como vai, como vai, vai, vai? Eu vou bem, muito bem, bem, bem”. Luiz Fernando Carvalho usa uma linguagem grotesca, afetada, espalhafatosa, cheia de contorcionismos e de malabarismos. Machado de Assis é o oposto. No livro Dom Casmurro, o relato de Bentinho é espantosamente seco e desencantado. Ele narra sua história apenas para combater o tédio: sem drama, sem sentimentalismo, sem teatralidade. Quando Bentinho descobre que o filho bastardo de Capitu com Escobar morreu de febre tifóide, ele comenta simplesmente: “Apesar de tudo, jantei bem e fui ao teatro”.

Luiz Fernando Carvalho só foi autenticamente machadiano na metalinguagem. A atriz que interpreta Capitu está grávida de se-te meses. Quando um repórter lhe perguntou se o pai do menino era Luiz Fernando Carvalho – o Escobar de Jacarepaguá –, ela se recusou a responder, limitando-se a declarar, como uma Capitu do funcionalismo público: “Não vou dizer a identidade e o CPF dele”.

A literatura brasileira tem um escritor. Um só. O que fizemos com ele, nos últimos cinqüenta anos, foi traí-lo com todos os Escobar que apareceram. Desde que Helen Caldwell, em 1960, negou o adultério de Capitu, moldando Dom Casmurro às suas teorias feministas, Machado de Assis foi raptado pela crítica esquerdista. Em particular, por John Gledson e Roberto Schwarz, que o transformaram ridiculamente num agente da luta de classes, empenhado em denunciar os abusos da classe dominante. Na realidade, Machado de Assis é mais complicado do que isso. Ele é um satirista conformista e resignado, que zomba da mesquinhez de nossa sociedade e acredita que, quando ela muda, muda sempre para pior. A série Capitu festeja o abastardamento da obra machadiana. Machado de Assis sabe bem: de agora em diante, isso só pode piorar.”

Se não gostam de Veja ou Diogo Mainardi, procurem mais sobre opiniões de outros meios de comunicação.

O que fica disso tudo é que sim, vale a pena falar o que pensa, mesmo que pareça uma heresia ou mesmo que você seja xingado até a eternidade. Tá, não até a eternidade, caramba. E que se expressar, escrever, demonstrar sua opinião, mostrar que existe (OI DOUGLAS) é recompensador, mesmo que você esteja, no fim das contas, perdendo uma eleição pro Kibeloco.

Ps.: VOTEM no Teletube como melhor blog de humor de 2008 entrando aqui, mesmo que não tenhamos sido. Porque, ao menos não daremos o troféu pra alguém que inventou e espalhou a maior obra de arte de 2008: A Dança do Quadrado.

Abraços.

Anúncios

33 Responses to 2008 sem ordem cronológica: Olimpíadas, Jornal Hoje, Sandra Annemberg e Capitu

  1. Ravi disse:

    Caramba Danilo, a cada dia eu me torno mais fã seu. Esse texto tá muito bom. E concordo com você (e com o Diogo Mainardi) quanto a Capitu. De repente, um dos melhores livros do Brasil, é transformado numa leva de personagens circenses cheios de maquiagem. Jornal Hoje sempre foi um saco, ainda bem que a muito tempo parei de assistir TV Aberta. E as Olímpiadas. Putz, o Brasil todo fudido, corrupção pra todo lado, fome, mizéria e todo mundo ligado na “telinha” pra ver se algum dos “astros” criados pela Globo vai ganhar uma medalha de ouro que só vai servir pra carreira deles e nós continuaremos nossa vida. O Cesar Cielo de repente virou o melhor nadador de Brasil, Xuxa e Gustavo Borges foram esquecidos, e tudo porquê ele ganhou uma medalha onde o Phelps nem estava concorrendo. É uma vergonha pro Brasil, que ao contrário do que afirma o Machado, pode melhorar. Pode se tornar uma grande potência salvando não ao mundo, porquê ele vai continuar a existir durando milênios, mas sim a nós mesmos. E novamente eu digo, Danilo, você acabou de ganhar um fã. Parabéns pelos textos, continui com os seus dois tipos de humor (principalmente o sério, crítico e irônico). Abraços.

    Curtir

  2. Ravi disse:

    Nem percebi que eu fui o primeiro o.o

    Curtir

  3. André disse:

    hehe
    REALMENTE DANILO, FOI DIFÍCIL ACERTAR, MAS VOCE MANDOU BEM…

    QUEM NÃO ARRISCA NÃO PETISCA, MAS VOCÊ APENAS FALOU A VERDADE, AS PESSOAS NÃO GOSTAM DE OUVIR A VERDADE, TODOS QUEREM OUVIR APENAS AQUILO QUE CONVEM, NINGUEM QUER UM POUCO DE REALISMO…

    FOI SÓ VC DIZER ISSO E OLHA AÍ… ACERTOU

    POR ISSO QUE EU DIGO, SE ALGUNS LEITORES AQUI DO TELETUBE FOSSEM MENOS PUXA-SACO E MENOS GAYS, AÍ SIM ESSE BLOG GANHARIA DO KIBELOCO…

    MAS EU VOTEI EM VOCÊS E TO TORCENDO AINDA ESPERO QUE VC ERRE ESSA PREVISÃO HEHE

    MAS VAMOS FALAR A VERDADE: VOCES VÃO PERDER INFELIZMENTE, NÃO VOU MAIS BABAR OVO PRA VC JÁ PASSEI DA COTA EM 2008

    HEHE

    ABRAÇO

    Curtir

  4. Chicão disse:

    parabéns,danilo ! seus textos são muito bons ! continue assim

    Curtir

  5. Ninha disse:

    parabéns Danilo [∞] e vocês não vão perder pro kibeloooco *-*
    bom, vou lá raquiar o site e

    Curtir

  6. Daniel disse:

    Desculpa falar aqui uma coisa nada a ver com seu post Danilo, mas eu tenho que rir do senhor André ali na parte do “se alguns leitores do teletube fossem menos puxa saco e menos gays”

    AAAAHAHAHAAHAHAHAHA
    HAHAAHA AHAHAHAHAHAHAHHA
    AHAHAHAHAHAH AHAHAHAH HA

    Pronto.

    Curtir

  7. Irvy K. disse:

    ME SHUPA ANDRÉ ALFIERI

    Curtir

  8. André disse:

    /\
    ||
    ||
    ||

    tá vendo??? to mais engraçado que a Ana Mary por exemplo…
    kkkkkk

    Curtir

  9. André disse:

    IRVY K.

    NO DIA Q VC VIRAR HOMEM EU FALO COM VC…

    Curtir

  10. Natii Dread disse:

    aushasuhaushAUSHAUSUAshuAHSUAsuAS

    To rindo

    desculpe danilo, mas nem cheguei a ler o post. só li os comentarios por cima.

    Curtir

  11. nicolas disse:

    NO DIA Q VC VIRAR HOMEM EU FALO COM VC…

    af maturidade mandou um abraço

    Curtir

  12. Marcel disse:

    Caraca, Danilo!
    Texto muito bom!
    e Diogo Mainardi mandou ver também /o/

    Curtir

  13. Marcel disse:

    mostrar que existe (OI DOUGLAS) é recompensador, mesmo que você esteja, no fim das contas, perdendo uma eleição pro Kibeloco.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Curtir

  14. brunabenedetti disse:

    nem li o post (H)
    eu sei que eu to de cara com a minha inteligeeeeeencia *-*
    1 mes eu abro o link do blog que ta no favoritos *-*
    eeuheihauieahiehaiuea
    ai semmpre eu abriam tava na mesma porra do sorriso da monalisa (?) postado no dia 4 de dezembro, ai eu pensando: ‘que fdp quenao atualiza a porra do blog *-*’ mentira, nao pensei isso, mas pensei em algo semelhante, ai hoje, a noob que vos fala, revolveu olhar bem o link dos favoritos, tinha alguma coisa.com/seilaoque /2123 / / auheuiahueiaheuhieuhaieha, ai eu tirei o /// *-*
    ai apareceu os posts recentes do blog *-*
    ai eu fui vlta e vi que ta uma putaria o blog :/
    aehuaiheiuaheuhaeiuaheia
    eurialtodemimmesma, oi *-*

    Curtir

  15. Julia disse:

    EPOWOEPWOEPWOEPPOWE ENEAS PARA DE DESMUNHECAR MANO

    Curtir

  16. Daniel disse:

    Sandra Annemberg, mestra na arte ninja da bipolaridade jornalística

    http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=42353900

    kkkkk

    Curtir

  17. oie disse:

    ISSO SO PODE SER jornalismo

    Curtir

  18. pistache disse:

    sacanagem daniel.. antes de comentar o post eu ia comentar o mesmo trecho do q disso vosso amigo andré alfieri sobre “menos gay e puxa saco”
    e essa de quem arrisca nao petis nao engana a ngm: ele tem o kibeloco de pagina inicial.

    qto ao post, mto bom. tb tenho o costume de comparar a sandra ANEMberg com subpersonalidades de luisa mel e ana maria braga.

    só sei de uma coisa: qualquer pode apresentar o jornal hj melhor q ana ANEMberg.
    (menos o alfieri)

    Curtir

  19. marcel disse:

    eu sou gay mas gostei do post?? gente

    Curtir

  20. Armando Netto disse:

    Eu gostava do Jornal Hoje, mas agora eles ficaram com essa de comentários idiotas (e forçados) sobre a matéria, realmente parece papo de comadres.

    Curtir

  21. Yo disse:

    Caralho, QUE TEXTO!
    Não tô tentando ser paga-pau do Teletube nem do Danilo, mas como não notar um texto tão crítico e inteligente?

    Admito: GOSTEI de Capitu. A trilha sonora ficou ótima e, apesar de detestar o jeito forçado do Dom Casmurro falar, achei a minissérie bem atraente. Só não vou ser hipócrita de concordar contigo só porque o que tem aí é verdade. Gostei. Gostei mesmo.

    No fim das contas, todos sabemos que mesmo que o Teletube mesmo que não ganhe o título de melhor blog humorístico, o Kibe Loco é menos ainda.
    [PQP! ODEIO A MALDITA DANÇA DO QUADRADO!]

    Curtir

  22. Diego Bersot disse:

    reafirmo: ainda que diferente da obra original, Capitu seguiu à linha todo o enredo, diálogos e ordem de acontecimento do livro, coisa que quase nenhuma adaptação faz. Acho que NINGUÉM e nenhuma empresa conseguiria reproduzir Dom Casmurro com a perfeição do livro, não adianta!

    Ah, e euri com o comentário do Ravi. Ele simplesmente repetiu o que o Danilo disse, só que resumiu um pouco. Quem tiver preguiça de ler o post, nem precisa, leia só a “”opinião”” do primeiro comentário 😉

    Curtir

  23. KKK NAO, LEIAM MEU POST SIM ANEM

    Curtir

  24. El Bisc8 disse:

    Danilo, parabéns pelo texto.
    Eu nunca fui muito fã da Veja mas por motivos bem menores do que a maioria do povo. No meu caso é pelas críticas de filmes hahahahahaha
    Meus pais assinavam e eu começava a ler de trás pra frente, mas enfim.
    Sempre gostei da coluna do Mainardi, apesar de que ele é criticado quase tanto quanto o Paulo Coelho (em breve espero começar a ler os livros dele; uma coisa que me parece chata é o fato de que a maioria das pessoas que ouço falando mal das obras dele costumam ler 1 ou 2 livros ao ano no máximo).
    Muito bom o texto dele sobre Capitu também. A única coisa que eu vi até hoje foi um video em que ocorreu o primeiro beijo de Bentinho e Capitu, e foi algo meio estranho, tinha um cidadão narrando tudo com maquiagem lá, tocando Beirut (eu curto), não entendi bem o motivo daquilo tudo, mas ok.
    Me lembro que alguém aqui (comentarista) comparou Capitu com Hoje é Dia de Maria.
    Só vou falar que achei Hoje é […] uma ótima série, algo que, ao menos até onde sei, partiu do nada, não foi uma adaptação ou algo assim.
    Mas isso não vem ao caso.

    Um abraço pra você e outro pra Josie =)

    Curtir

  25. clara vique. disse:

    um ÓTIMO texto !
    DANÇA DO QUADRADO , a obra de arte de 2008 .. quem ?¬’

    Curtir

  26. Bih disse:

    (…)mostrar que existe (OI DOUGLAS) (…)
    EHUEAUEHUAHEEUHAUEHU
    Douglas kd vc? 😦

    Curtir

  27. Bruna disse:

    ISSAE DANILÃO ACABA COM ELES nem conheço vc mas alo intimidade?

    Curtir

  28. Nathacha disse:

    Concordo com o q disseram sobre Capitu, mas eu gostei…
    Digamos q a minissérie foi a visão de quem a fez, por isso cada um vê as coisas da maneira q vê, e não podemos dizer q está errado, apenas concordar ou não!!! E a trilha sonora foi simplesmente de mais!!!! O tema da Capitu e do Bentinho então, amei a música!!! Pra quem quiser ouvir chama-se Elephant Gum.
    Prontofalei

    Curtir

  29. anônimo rs disse:

    Claro, nas próximas Olimpíadas a Globo deveria é fazer entrevista com o [insira aqui o nome de um atleta tão desconhecido e irrelevante que eu nem sei o nome dele pra dar de exemplo]. Entrevistar aqueles que são esperanças de medalha? Que besteira, eles tinham que festejar mesmo é os atletas que nunca ganharam porra nenhuma e que não têm expectativa de ganhar nada. Claro que aí iam reclamar que a mídia não divulga o esporte nacional blábláblá, mas….

    Que coisa mais imbecil essa mania de vilanizar a mídia. Não só porque é um “pensamento crítico pré-fabricado (modinha tetesto aff)”, mas porque não tem lógica nenhuma mesmo, se for parar pra pensar.

    Igual o Mainardi criticando Capitu. Ai que novidade… O negócio dele é falar que brasileiro é ignorante e pôr a culpa de algo nos esquerdistas. Não sei como é que as pessoas não perceberam que, se ele quisesse, podia ter escrito o mesmo texto dizendo que Capitu é bom sim, e que brasileiro é que é ignorante (e esquerdista) demais pra perceber a beleza alternativa de uma releitura.

    Seus textos são bons, Danilo, mas têm umas opiniões meio capengas.

    Curtir

  30. anônimo rs disse:

    E outra, quem critica a globo por ela criar expectativa sobre os eventos que ela vai transmitir, também tem que ser contra qualquer tipo de propaganda e publicidade: por coerência, tem que ser contra o link do teletube que colocam na descrição das comunidades do orkut que não têm nada a ver com blog (exceto por serem dos integrantes) ou mesmo dos pedidos pra que votem no teletube para o best blogs brazil (que, aliás, até agora não entendi o porquê do nome em inglês).

    Curtir

  31. lek disse:

    Tudo frescura. Não existe nada ruim, existem gostos e gostos. o.o

    Curtir

  32. El Bisc8 disse:

    anônimo rs
    gostei dos comentários

    Curtir

  33. samuel disse:

    Li o post, respeito sua opinião, mas não concordo com você à respeito do Jornal Hoje, eu adoro esse telejornal, adoro os apresentadores, eles são ótimos, e os comentários que eles fazem ao final de algumas matérias é sempre irreverente e engraçado, torna o telejornal mais humano, deixa a seriedade para o Jornal Nacional, digo seriedade no sentido de apresentar a notícia, não que o JH não seja sério.
    E para quem não sabe o JH foi criado na globo para ser realmente uma especie de revista , uma revista eletronica, que apresentava notícias e também receitas, entrevistas, não era um telejornal formal igual ao JN, porque nesse horário quem assistia eram mais as donas de casa mesmo, era uma maneira de deixalas informadas e também para descontrair, com o tempo e com a mudança de comportamento da sociedade, com mulheres trabalhando fora. o público passou a ser o de trabalhadores em horário de almoço, por isso foram aproximando o JH a um telejornal convencional, mas ainda hoje ele é menos convencional da TV brasileira, ainda bem, eu gosto dele assim desse jeito

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: